Só Rogério Ceni salva o São Paulo!

 

ceni (1).jpg

A demissão de Ricardo Gomes pelo São Paulo mostra, mais uma vez, como não se pode confiar nas palavras dos dirigentes de clube. O presidente Carlos Augusto Barros e Silva havia garantido a permanência na semana passada e, hoje, o despediu. A decisão em si não quero opinar. Cabe sempre ao clube. Também não me surpreende a falta de palavra de Leco, mas sempre acho melhor a verdade. Teria sido mais correto dizer que ainda estudava o futuro do treinador e ponto. Estaria aberta a possibilidade de troca.

A campanha de Ricardo nos 18 jogos foi o suficiente para livrar o clube do rebaixamento, mas convenhamos que seis vitórias, cinco empates e sete derrotas é um trabalho medíocre e abaixo do que o clube precisa. O São Paulo já começou a pensar no ano que vem e para o bem ou para o mal, apenas um nome deveria estar na mesa do Marco Aurélio Cunha e Leco: o interminável Rogério Ceni.

Não há outra possibilidade para esse momento que não seja o retorno do M1to, agora em outra condição. Qualquer nome diferente terá que conviver com o fantasma de RC e enfraquecerá o trabalho. O clube ficará refém de um eterno candidato ao cargo.

Rogério está pronto? Só ele pode responder. Este ano fez curso de técnico na Inglaterra, estágios em vários clubes da Europa e dá a impressão de estar bem preparado para assumir o desafio. Outra vantagem para Leco e diretoria é contratar um pára-raio que conta com o apoio da torcida. Alguém imagina o são-paulino vaiando uma alteração do maior ídolo do clube? Só depois de muita bobagem. A paci~encia será quase interminável. Isso dará tranquilidade aos dirigentes que vão viver um ano eleitoral e o ex-goleiro pode ser um enorme cabo eleitoral.

Anúncios