Reunião vai definir futuro de “Big Sam”

allardycemain-xlarge

Flagrado em conversas em que dizia poder ensinar empresários a burlar a Federação Inglesa, o técnico da seleção Sam Allardyce foi chamado a Londres para se explicar. O jornal The Telegraph, informou que desde hoje de manhã, Greg Clarke, presidente da FA, e o secretário-executivo da entidade, Martin Gleen, estão reunidos na sede que fica no estádio de Wembley para discutir o futuro de “Big Sam”. As chances de o anúncio da demissão acontecer ainda hoje são enormes.

Segundo o jornal, ontem, Allardyce e os dirigentes tiveram uma conversa telefônica para tratar do assunto. Hoje de manhã, o técnico, que está no cargo desde julho, deixou Bolton cedinho para ir até a capital inglesa se defender.

Ele teve conversas gravadas em vídeos com jornalistas que se passaram por representantes de empresas asiáticas. Elas queriam lucrar com a compra de parte dos direitos de jogadores do futebol inglês. Porém, uma regra da FA proíbe essa prática desde 2008. Allardyce disse aos falsos empresários que sabia como burlá-la e receberia 400 mil libras pelos ensinamentos.

Na edição de ontem, o Telegraph publicou a matéria em que “contratava” a ajuda do treinador. A FA pediu todos os dados ao jornal para discutir o futuro de Allardyce.