Carta para Papai Noel (sobre 2017)

 

15726510_1368337573185770_728789420152401760_n

(charge devidamente surrupiada do amigo Renato Peters)

Querido Papai Noel, mais um ano se foi e você ainda está me devendo alguns presentinhos. Ok, o tempo anda curto, assim como o dinheiro, mas eu falo de futebol, meu pai. Nem estou pedindo só para mim. Vou insistir mais uma vez, por favor, não brigue comigo porque não sou mimado. Sou apenas um torcedor.

  • quero paz entre meus amigos e aqueles que não torcem para o meu time. Azar deles, não é mesmo? Não usam aquela camisa bonita que é a minha. Aliás, ano novo, uniforme novo também. Hora de renovar o armário. Entendeu a dica?
  • sabe, se não for pedir muito, queria dirigentes mais inteligentes e que amassem o clube como a gente ama. Eles só querem saber dos cargos, nunca pensam em quem vai ao estádio, em quem compra os produtos do time. Bem que eles também podiam tratar o caixa como se fosse da empresa deles. Aposto que gastariam melhor o dinheiro. Eles vendem, vendem, vendem, e compram cada jogador… mais parece o Ruizinho aqui da rua. Ele fala que vai ser jogador, hum, sabe nada de bola, Papai.
  • O treinador pode ser moderno, de última geração, high tech. Essa é fácil. Só não gosto daqueles que ficam ali parados na beira do campo. Parece que estão jogando Pokemon Go. Eu quero é gol!!! Com “l”!!!
  • Aqui em casa, dizem que o dinheiro anda curto para todo mundo, então, não posso querer ganhar o Messi para o meu time. Eu entendo. Mas não me dê mais perna de pau. Eu cresci, já entendo que futebol só joga quem sabe, quem se movimenta, quem tem cérebro para tomar decisões. As vezes, você me manda uns que só meu irmão caçula para achar que ele vai dar jeito no time.

Não quero escrever demais para você ter tempo de correr atrás dos meus pedidos. O ano novo está logo ali e já já meu time volta a treinar. Vou parando por aqui. A TV vai passar um jogão. Eu até já sei o placar, mas é fim-de-ano e meu time tá de férias – porque ninguém é de ferro. Quem gosta de futebol, gosta de jogão, acho que você me entende.

Feliz Natal, Papai Noel. Que Deus te dê felicidade e um monte de dinheiro para você investir no meu time. Quem sabe não venha um bônus e eu ganhe um título no ano também. Aí seria demais! Muita paz nas arquibancadas, pipoca, sorvete e refrigerante para todo mundo e que a alegria de uma vitória dure o ano todo.

Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s