Sejamos mais colombianos, Brasil!

dscn2415
A discussão hoje é se o presidente Michel Temer vai ou não até o estádio  da Chapecoense. Se será vaiado ou não. Esse nosso país está mesmo todo errado. Quando as pessoas vão se tocar que não se trata de partido político ou qualquer outra coisa que não seja a solidariedade? Fosse Dilma, Temer, FHC, Jânio Quadros ou Marechal Deodoro. O que menos importa é a figura do presidente da República, mas o velório de pessoas queridas, que morreram de forma trágica e que receberam todo o carinho do povo colombiano.
Temer deveria ir até o velório. É missão de um presidente prestar solidariedade, estar presente e dividir a dor. Fosse ele humilde, pouco se importaria para a imagem e para o que pudesse acontecer (ser vaiado por 22 mil pessoas) e estaria lá de corpo presente na Arena Condá. Pior foi pedir para que as famílias fossem até ele no aeroporto. Por que  raios deveriam?
Se alguém vai a um velório para vaiar outra pessoa, ele não está lá pela dor da perda de entes queridos, mas pelo fato político. Será que não somos capazes de nos tocar diante de um fato como esse? Será que o Fla e o Flu são mais importantes do que a vida? E foram 71 vidas! Não aprenderemos nada com as manifestações dos colombianos? Não se trata de política. Se trata de solidariedade. Como teve a mãe do goleiro Danilo. Se trata disso aqui abaixo:
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s