O “blá blá blá”do sono injustificável

()  SPO

Legal o discurso do Giovanni Augusto, hoje, no Corinthians. Mais ou menos isso: “chegou a hora em que não podemos mais relaxar”. Ok, estamos na rodada 33 e os jogadores só acham que agora é a hora? Parem tudo!!! Aliás, ele no sábado já havia dito no intervalo que achava que a equipe estava desligada. Como pode um grupo profissional entrar dessa forma num momento que vale vaga para a pré-Libertadores?

O fato é que esse elenco corintiano é o pior desde o rebaixamento. Um grupo sem alma, que aceita passivamente qualquer adversário ir até Itaquera e se impor como fez a Chapecoense. O trabalho de Roberto de Andrade esse ano é de quem deixa terra arrasada. Voltem no tempo e vejam que, desde 2008, sempre houve ao menos uma base para o começo da próxima temporada. Em 2009, Ronaldo se juntou ao grupo que subiu e ganhou dois títulos. Ficou a base para o ano seguinte e assim foi até 2014, quando Mano teve que fazer uma renovação ao longo da temporada. Foi embora, mas deixou a equipe entre os 4 primeiros do Brasileiro. O que ficará para 2017 será, na melhor das hipóteses, um time G6.

O Corinthians terá que ser reconstruído no ano que vem. Precisa de dois zagueiros  confiáveis, um jogador que faça proteção e que saiba jogar na frente da defesa. Além de dois meias e um ótimo centroavante. Apostar em Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Romero, Yago, Camacho entre outros, é olhar para trás e se contentar com esse futebol chinfrim do segundo semestre. Muito parecido com o discurso dos jogadores a cada coletiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s