“Alô, papai do céu, posso pedir mais?”

20161011231804_0

“Papai do céu, se eu puder te pedir alguma coisa neste dia 25 de dezembro…” Se Gabriel Jesus fosse completar essa frase em dezembro do ano passado, como teria sido? Quase com certeza, nem de perto ele pediu tanta coisa em tão pouco tempo.

Se quis saúde, teve. Se pediu alegria, também. Se queria sucesso, teve demais. Definitivamente, quando o jovem ganhar idade e olhar o caminho que percorreu, vai dar um carinho todo especial a 2016. Começou a temporada como sendo o ano da afirmação e já chegou em outubro como realidade.

Na velocidade de dez meses, foi campeão olímpico, artilheiro e titular absoluto do líder do Brasileirão, mereceu uma ligação de Guardiola para convencê-lo a ir jogar no Manchester City. Isso já seria muito, mas teve mais. Teve a chance de ser titular na Seleção principal do Brasil pela primeira vez, e pela segunda, terceira, quarta… até se transformar no mais jovem artilheiro em Eliminatórias Sul-americanas. Nunca, ninguém com menos de 20 anos tinha feito 4 gols em 4 jogos. E contando. Só fico aqui pensando, o que será que ele vai pedir no próximo Natal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s