Que bom, o Brasil depende do Neymar!

ney

Os números são fantásticos! Talvez até melhores do que a realidade aparente. O fato é que o excelente futebol de Neymar resolveu aparecer de volta e com ele, uma medalha de ouro e melhora significativa da Seleção tanto nos Jogos Olímpicos como nas Eliminatórias. Nas últimas cinco partidas em que participou, marcou seis gols e deu passe para outros cinco.

Digamos que tudo começou nas quartas de final do Rio, na Arena Corinthians. Fez um gol de falta e deu passe para o de Luan. Resultado: 2 a 0 diante da Colômbia. Nas semifinais, quando o Brasil goleou Honduras por 6 a 0, ele marcou duas vezes, deu um lançamento para Gabriel Jesus e cruzou para Marquinhos. Na decisão contra a Alemanha, voltou a marcar nos 90 minutos. Nem vamos contar o gol na quinta e decisiva cobrança de pênalti que ele converteu.

Título olímpico no peito, Neymar abriu mão da faixa de capitão e se juntou ao grupo principal para as Eliminatórias. Dois jogos, dois gols, um passe para Gabriel Jesus marcar e um escanteio cobrado na cabeça de Miranda. Claro, com rigor, vamos lembrar do primeiro tempo irregular no Equador, quinta-feira, ou de alguns momentos de displicência na partida de ontem contra a Colômbia. Ainda há muito a melhorar, mas se o futebol da Seleção melhorou, muito se deve ao atacante que agora vai curtir a boa fase no Barcelona. Esperemos que em outubro, ele volte com o mesmo espírito, sem tanto reclamar da arbitragem e discutir com os adversários. De um excelente jogador, o torcedor só espera isso: que jogue bola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s